CEEE trabalha para restabelecer energia após ciclone bomba

Aproximadamente 2 mil profissionais entre eletricistas, equipes de retaguarda, terceirizados e teleatendentes trabalham na recomposição das redes danificadas pela atuação do ciclone bomba, que atinge os estados do Sul do Brasil desde o início da noite de ontem, 30. No início da madrugada de hoje, 1º, foram registrados 750 mil clientes sem energia em toda a área de concessão da CEEE. No início dessa tarde, o número de clientes sem energia reduziu para 430 mil no total.

Os danos causados pela passagem do ciclone atingiram principalmente o Litoral Norte do Estado e Região Metropolitana, incluindo a Capital. Mas também foram registradas ocorrências nas regiões de Pelotas, Litoral Sul e Camaquã. A estação meteorológica do Aeroporto Salgado Filho registrou ventos com velocidade de até 85,1 Km/h entre 03h e 04h dessa madrugada, mas como as construções e topografia afunilam o vento, essa velocidade deve ter sido superada em alguns pontos da Capital.

Entre as principais ocorrências estão quedas de árvores sobre a rede elétrica, que causaram rompimento de fios e postes em toda a área de concessão. No Litoral Norte, duas linhas de transmissão foram interrompidas. Uma liga a subestação (SE) Arroio do Sal à SE Capão Novo (e abastece mais de 33 mil clientes) e a outra faz a conexão da SE Atlântida Sul 2 à SE Torres (e abastece mais de 51 mil clientes).

Contato com a Companhia

Uma indisponibilidade da operadora de telefonia Oi deixou o teleatendimento da CEEE (0800 721 2333) fora do ar entre as 17h de terça-feira, 30 e as 6h de quarta-feira, 01. Devido a congestionamento dos atendimentos por esse canal, a Distribuidora reforça que seja utilizado, preferencialmente, o SMS para informar falta de energia , enviando a palavra LUZ e o número da UC para 27307.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.