Lançada a VII Mostra de Tecnologia e Inovação com Ciências de São Leopoldo

Na quarta-feira, 28 de agosto, ocorreu o lançamento da VII Mostra de Tecnologia e Inovação com Ciências (Motic). O evento, organizado pelo Núcleo de Tecnologia Educacional Municipal (NTM) da Secretaria de Educação (Smed), será realizado nos dias 17 e 18 de setembro, das 13h30 às 20h30, no Centro de Eventos, avenida São Borja, bairro Rio Branco. A Motic é uma feira que incentiva, promove, compartilha e divulga projetos de iniciação científica do município, este ano contando com mais de 100 projetos de escolas municipais, três escolas estaduais e uma escola particular.

“Esse lançamento é muito diferente de todos os outros que já fizemos, pois acho que estamos dando um passo muito importante para a solidificação da Motic e para transformar em um grande projeto não mais do município, mas num projeto regional. Eu faço parte da governança e desde 2017 está em debate a participação do Tecnosinos com as escolas de São Leopoldo e quando as gurias do NTM apresentaram o projeto para a Susana Kakuta ela se encantou e hoje é uma das grandes defensoras da Motic. Agora o nosso objetivo é aumentar o número de projetos inscritos, pois as escolas produzem muita coisa boa que nem chega na Motic”, afirmou o prefeito Ary Vanazzi.

O titular da Smed, Ricardo da Luz, salientou a importância de um modelo de educação participativo. “Hoje nós chegamos a 120 trabalhos e, o mais importante, há oito escolas que participarão pela primeira vez da Motic. Esse projeto é muito mais do que apenas uma feira, ele é a inteligência das nossas escolas sendo colocada em prática. O próximo passo que temos que dar é de valorizar muito mais as feiras das nossas escolas, pois há milhares de trabalhos produzidos pelos estudantes da nossa rede”, disse Ricardo.

A diretora executiva do Tecnosinos, Susana Kakuta, expressou a vontade de levar a feira para dentro do pólo tecnológico. “Se me perguntarem, hoje, qual é o grande desafio do Tecnosinos para o seu crescimento, sem dúvida nenhuma, eu respondo que é ter recurso humano qualificado. É muito difícil fazer com que os jovens se interesse pelo lado da tecnologia nos últimos anos do Ensino Médio, por isso que iniciativas como essa são importantes porque valorizam os projetos desenvolvidos no município. Não conseguimos esse ano fazer a Motic dentro do Tecnosinos, mas nós traremos os trabalhos premiados para serem expostos no saguão do pólo”, explicou Susana.

São apoiadores da Motic 2019: Semae, Tecnosinos, SESC, CFC Valderez, TVC CANAL 6 RS, TVN, Rádio Nova Progresso AM 1530, Fundação Liberato, Associação Vida Nova, Instituto Estadual Pedro Schneider, Projeto Vida Com Arte – Unisinos, Mob Kits – Robótica Educacional, Instituto Mix, Economia Solidária da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Turístico e Tecnológico (Sedettec), Unisinos e Feevale.

Também participaram do lançamento o secretário de Desenvolvimento Econômico, Turístico e Tecnológico, Rafael Souza; o diretor-geral do Serviço Municipal de Água e Esgostos (Semae), Nestor Schwertner; a vereadora Ana Affonso (PT); a presidenta do Ceprol, Andreia Nunes; representando o Centro de Eventos, Régis Sanchez; entre outras autoridades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.